A Convocatória Sul-Sul é uma das linhas de ação deste programa. Sua primeira edição se realiza em 2017, e convida a apresentar projetos para obter o financiamento nas seguintes modalidades:

Assistência Técnica
Intercâmbios de expertas/os e de funcionárias/os
Estágios
Fóruns/Seminários/Oficinas
Capacitação de Recursos Humanos
Elaboração de produtos de difusão e ferramentas de comunicação

Podem se candidatar cidades membros e Estados associados de Mercocidades, assim como Universidades da Associação de Universidades Grupo Montevidéu e Organizações da Sociedade Civil, que trabalhem junto a governos membros ou Estados associados da Rede.

Na convocatória correspondente a 2017 os projetos apresentados poderão aspirar a uma subvenção máxima de USD 7,000 dólares estadunidenses.

Princípios

Como orientação, a Convocatória reúne os princípios da Cooperação Descentralizada (CD), da Cooperação Sul-Sul e da Eficácia da Ajuda, segundo se detalham a continuação:

Cooperação Descentralizada:

• Arraigo territorial dos atores.

• Horizontalidade.

• Reciprocidade: interesse e benefícios mútuo.

• Multidirecionalidade.

• Surgimento de novos instrumentos.

Cooperação Sul-Sul:

• Horizontalidade. Além das diferenças de nível de desenvolvimento se estabelece a colaboração entre iguais.

• Consenso entre as partes – Equidade.

• Benefícios equitativos entre todos os sócios.

• Valorização dos resultados qualitativos.

Eficácia da Ajuda:

• Apropriação.

• Alinhamento.

• Articulação.

• Gestão orientada a resultados.

• Responsabilidade mútua.

Acesse a base da Convocatória Sul-Sul

Este convocatória é feita com recursos próprios de Mercocidades e recebe apoio financeiro do Banco Interamericano de Desenvolvimento, da Agência Uruguai de Cooperação Internacional e da União das Cidades Capitais Ibero-Americanas.
  

Fotografías: Prensa Santa Fe Ciudad / XXI Cumbre de Mercociudades, noviembre, 2016.