Mercocidades seleciona 3 projetos de integração regional para participar em sua XXII Cúpula

01/11/2017

Três iniciativas resultantes da 10ª Capacitação regional de Mercocidades participarão da XXII Cúpula da Rede em Córdoba, de 30 de novembro a 1º de dezembro de 2017. Os projetos completaram sua formulação a partir de uma capacitação de 3 meses e meio, com uma semana presencial em Santa Fe. As pessoas representantes das iniciativas premiadas terão cobertos os gastos de passagens, hospedagem e alimentação durante os dias do evento.


Os projetos selecionados são os seguintes:

-“Planos de Ação Local de Resiliência para as cidades de Mercocidades”, da Municipalidade de Santa Fe, Argentina.

-“Observatório Regional de Gênero da Área Metropolitana de Buenos Aires (AMBA)”, da Associação de Sociólogos da República Argentina.

-“Concurso de Ideias Inovadoras - Rafaela InovAção”, da Municipalidade de Rafaela, Argentina.

Estes projetos participaram junto a outras 11 iniciativas do curso presencial realizado em Santa Fe, de 23 a 30 de junho de 2017, e destes um total de 8 desenvolveram a etapa virtual da capacitação até a formulação definitiva de seus projetos. 

Para a seleção dos projetos foram considerados os seguintes critérios: o respeito da equidade de gênero; a contemplação da agenda global dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável; a articulação de ações com organizações sociais, academia e outros governos locais da região; a contribuição à integração regional e a capacidade institucional para sua implementação, entre outros.

Cúpula, que este ano se enquadra na proposta “Governança e Inovação para o Desenvolvimento de Políticas Públicas Regionais”, é o evento anual mais importante da Rede e ocorrerá no final de novembro, em Córdoba, momento em que a cidade anfitriã assumirá a presidência de Mercocidades durante um ano.

Durante o evento se desenvolverão diversos painéis, espaços de troca e oficinas que tratarão temáticas como: inovação em Governos e dados abertos, o papel das cidades nas agendas internacionais, cidades inteligentes, Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, entre outros.