Mercocidades e 100CR acordam ações conjuntas para fortalecer a resiliência das cidades latino-americanas

29/06/2017

No dia 29 de junho Mercocidades assinou um acordo com o Programa 100 Cidades Resilientes (100 CR)com o objetivo de fortalecer a resiliência dos governos locais da América do Sul. Trata-se de um memorando de entendimento que se implementará através de atividades de gestão de conhecimentos, sensibilização, capacitação e troca de experiências.


A assinatura se realizou em Santa Fe, no marco da 10ª Capacitação regional de Mercocidades e da apresentação da estratégia de resiliência da cidade, participaram dela o presidente de Mercocidades e intendente de Santa Fe, José Corral; o diretor de Estratégia de 100 CR, Braulio Morera; e o coordenador da Secretaria Técnica de Mercocidades, Jorge Rodríguez.

Este convênio representa para Mercocidades um novo canal para iniciar um processo de aprendizagem conjunto que agilize a aplicação de políticas de resiliência urbana. Lembramos que promover o enfoque de resiliência na gestão urbana é um dos três eixos temáticos propostos pela presidência de Mercocidades no plano de trabalho 2016 - 2017.

Em sua XXI Cúpula, Mercocidades emitiu a declaração “Construção de Cidades Resilientes no Marco da Integração Regional”, com o objetivo de abordar a resiliência como um elemento chave para enfrentar importantes desafios a nível regional e mundial, como o desemprego, as desigualdades e o impacto da mudança climática, estabelecendo que estes deverão ser enfrentados mediante a articulação de políticas para e com as cidades. 

Neste contexto o acordo busca o desenvolvimento e financiamento de novos espaços de capacitação regional, que será a “Escola de Resiliência Urbana” e a concretização de ações conjuntas de comunicação e sensibilização na temática.

O Programa 100 CR foi criado em 2013 pela Fundação Rockefeller e tem a finalidade de apoiar às cidades para enfrentarem os impactos e tensões crônicas que afetam sua sustentabilidade e viabilidade.

Além de Santa Fe, as cidades de Buenos Aires, Montevidéu, Santiago, Medellín, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador são membros ativos de Mercocidades e de 100 CR.

Acesse ao Acordo